fbpx

Mamoplastia redutora

Mamoplastia redutora

A mamoplastia redutora, mais conhecida como cirurgia de redução de mama, é um procedimento muito procurado por pessoas que sofrem com problemas relacionados ao tamanho das mamas. 

Nesse caso, por serem maiores, promovem uma silhueta desproporcional, além de causarem dores na coluna e no pescoço devido ao peso e a má postura que elas causam.

Além disso, a opção pela cirurgia também pode ser somente para fins estéticos, quando a mulher não está satisfeita com o tamanho dos seus seios. 

Como é feita a mamoplastia redutora?

A cirurgia de redução de mama deve ser realizada por um médico especialista em cirurgia plástica devidamente capacitado e com experiência na realização do procedimento. Para isso, é preciso que a paciente tenha pelo menos 18 anos de idade. Mas por que? Nessa fase, as mamas já adquiriram a maturidade ideal, portanto, não irão mais crescer. 

O profissional responsável vai avaliar as condições da mama, o que inclui o tamanho e o grau de flacidez, que também é corrigido durante a cirurgia.

O procedimento dura em torno de 2 horas, com o paciente sob efeito de anestesia geral. O profissional faz as incisões necessárias para a redução tecido mamário, gordura e pele e reposiciona as mamas no lugar correto. Ou seja, a mama será reposicionada e a aréola terá o seu tamanho diminuído. Para finalizar, o cirurgião pode optar por dar pontos ou usar cola cirúrgica, pois ela evita o aparecimento de cicatrizes.

A cirurgia deixa cicatriz?

No pós-operatório, a mamoplastia redutora pode deixar cicatrizes. Elas podem aparecer em formato de “L” ou de “T”. O que vai definir o tipo é o tamanho que a mama tinha e a flacidez que cada uma apresentava. No entanto, qualquer que seja o tipo, ela apresentará três diferentes que são: período imediato, mediato e tardio. 

Assim, o período imediato dura até o 30º dia após a realização do procedimento. A cicatriz é difícil de ser notada. Há algumas que apresentam algum tipo de reação ao curativo ou aos pontos. Esse período vale até o 12º mês após a realização da cirurgia e a cicatriz pode mudar de cor e ter um espessamento, o que é normal. Aos poucos a tendência é que ela fique mais clara. 

Já no período tardio, que dura de um ano a um ano e meio após a mamoplastia redutora, a cicatriz fica mais clara e vai perdendo consistência, o que indica que ela está chegando ao seu aspecto definitivo. A avaliação de como a cicatriz ficará só poderá ser feita após o período tardio. 

Algumas mulheres têm tendência ao aparecimento de quelóide ou à cicatrização hipertrófica. As pessoas que têm a pele clara tendem a ter uma menor probabilidade de sofrer com uma complicação na cirurgia. Contudo, independente da situação, existem maneiras de prevenir a situação e de tratar as cicatrizes e o médico acompanhará prescrevendo cada ação de acordo com o período de cicatrização.

Antes e depois: como se preparar para a cirurgia e como é a recuperação?

A mulher que opta pela realização da mamoplastia redutora deve procurar um profissional que transmita confiança e que faça um atendimento humanizado, pois esses dois fatores impactam no antes, durante e depois da operação.

Antes da mamoplastia redutora, o médico solicita vários exames, incluindo de sangue e mamografia para obter informações sobre o estado de saúde do paciente.

Se a paciente for fumante, precisará deixar de lado esse hábito e tomar os remédios que forem prescritos pelo profissional ou, se já fizer uso de algum medicamento, será ajustado caso seja necessário.

Antes da cirurgia a paciente também deverá realizar alguns exames como: 

  • sangue
  • eletrocardiograma
  • ultrassonografia
  • mamografia
  • raio x de tórax

Todos eles são necessários para que o médico faça uma avaliação exata de como será feito o procedimento. Já os resultados não vão aparecer imediatamente após a cirurgia. Portanto, será preciso ter paciência e cuidado e seguir todos os cuidados que serão orientados pelo médico, pois assim as complicações serão evitadas e os resultados vão aparecer.

Após a cirurgia, se a paciente estiver bem, poderá ganhar alta e se recuperar em casa. Lembrando que é importante manter repouso absoluto por pelo menos 15 dias. Nesse período são retirados os pontos e a cirurgia é reavaliada.

Os principais cuidados são:

  • Entre duas e três semanas, os braços deverão ser movimentados sempre abaixo dos ombros
  • A pessoa precisará evitar dormir de lado por 30 dias e por 60 dias de bruços.
  • O sutiã de sustentação ou cirúrgico deverá ser usado pelo período de dois meses.
  • Durante três meses a prática de exercícios físicos que resultem na movimentação das mamas não pode ser praticada.
  • Os curativos deverão ser trocados de acordo com o orientado pelo médico.
  • Durante um mês, a mulher não poderá dirigir e nem carregar peso.
  • Tomar sol nas mamas também precisará ser evitado.
  • Os pontos devem ser retirados dentro do período que o profissional escolhido para a cirurgia indicar. 

É importante seguir as recomendações médicas e ingerir os medicamentos prescritos. Até porque, para atingir o resultado desejado é necessário um trabalho em conjunto do médico e da paciente.

Melhor clínica para fazer redução de mama em BH

Apesar de ser uma cirurgia bastante comum, a mamoplastia redutora se trata de algo delicado e que está diretamente relacionado à estética, por isso é fundamental contar com cirurgiões plásticos experientes.

Nós da clínica Da Plástica contamos com um time altamente capacitado, tanto para realizar a mamoplastia de redução quanto para outras cirurgias plásticas. Entre em contato ainda hoje e agende uma consulta para tirar todas as suas dúvidas e conhecer a clínica!

Veja também:

Cirurgias Plásticas no Corpo

Cirurgias no Rosto

Fios de Sustentação

Mastopexia

Mamoplastia  de aumento

Consórcio para cirurgia

Dr. Ismael S. Vasquez

Cirurgião Plástico

Prêmios e Títulos:

  • Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  • Primeiro lugar geral do Curso de Educação Continuada em Cirurgia Plástica, Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica regional Minas Gerais.
  • Melhor nota dos Residentes do primeiro ano, do curso de educação continuada em Cirurgia Plástica, Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica regional Minas Gerais.
  • Membro da American Society of Plastic Surgeons.
  • Membro da Associação Brasileira de Calvície da Restauração Capilar.

Idiomas: Espanhol, Português e Inglês

Acesse Nossas Redes Sociais: Facebook, Instagram, Whatsapp.

Um dos cirurgiões mais reconhecidos e completos nos serviços de Cirurgia Plástica no Brasil.

Para mais informações sobre sobre o Cirurgião Plástico, clique aqui!

Dr. Ismael S. Vasquez
Precisa de ajuda? Converse conosco